quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Nada se ouve falar em Blairo Maggi, ele é peixe grande... Uma baleia!

SUSPEITAS SOBRE BLAIRO MAGGI MOTIVARAM ARARAT

O ex-governador e senador licenciado Blairo Maggi, um dos homens mais ricos do Brasil, está envolvido num inquérito que corre em sigilo no STF; essa investigação motivou a Operação Ararath, da Polícia Federal, deflagrada em 2014 no Mato Grosso; governador Silval Barbosa, do PMDB, na época recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma; depois de pagar fiança, ele foi solto; presos, deputado e ex-secretário estadual foram levados à Brasília para prestar depoimento; procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao ministro Dias Toffoli, do STF, que a PF não divulgasse detalhes da investigação; no Mato Grosso, governo estadual, Assembleia Legislativa e Ministério Público sofreram buscas e apreensões; Maggi, que ainda não falou a respeito, é conhecido como rei da soja e já foi cortado para ser ministro da Agricultura.

 70 mandados de busca e apreensão nas residências e locais de trabalho de políticos e empresários do Estado. O ex-secretário da Fazenda Eder Moraes foi preso. O governador Silval Barbosa (PMDB) teve seu apartamento vasculhado pela polícia e recebeu ordem de prisão e encontra-se foragido.
A operação investiga lavagem de dinheiro e crimes financeiros por meio de empréstimos fraudulentos e empresas de fachada. O motivo pelo qual o senador Blairo Maggi é investigado continua sendo mantido em sigilo pelo STF e pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O inquérito foi aberto no mês passado por decisão do ministro Dias Toffoli, relator do caso.


Nenhum comentário: