segunda-feira, 15 de agosto de 2016

A Vivência empobrecida do Bairro Jardim Florianópolis em Cuiabá


Falar do passado deste bairro, com 24 anos de existência, é falar de sofrimento e degradação da sociedade e do espaço público, os bairros com o passar do tempo recebem mudanças na paisagem, na composição de suas estruturas e nas relações daqueles que neles habitam. Em Cuiabá alguns bairros tem uma atenção especial já outros não, exatamente assim é a realidade dos bairros Jardim Florianópolis, Jardim União e Jardim Vitória, porta de entrada pra visitantes que vão até Chapada dos Guimarães conhecer as belezas de nosso estado, nesses bairros a realidade é outra e distorcida pela prefeitura de Cuiabá, manilhas de drenagem fluvial só sai do lugar em período eleitoral, porque será? Há cinco anos o blogueiro deste site vem estudando e presenciando de perto a realidade do bairro ou seja desde o ano de 2011 nada mudou, as imagens mostra.



O bairro Jardim Florianópolis tem 24 anos de existência e uma história sofrida de descaso pela prefeitura municipal que se arrasta a anos, os moradores carrega nos olhos a história e a identidade de um povo acolhedor e carente de atenção básica.
É na região onde tem um projeto internacionalmente conhecido por instruir crianças carentes na música cujo o nome é Flauta Mágica.


Diferente do Pedra 90, região do coxipó, Verdão e Sta Izabel, as pessoas desse bairro  não usufruem do bairro, muitos disseram que não convivem no bairro por falta de espaços culturais, o único lugar que existe não tem a devida atenção da prefeitura. 
grau de violência com a população começa aí e nasceu junto com o bairro, sem o devido planejamento ou pela negligência dos governantes, as pessoas foram criando suas próprias normas de organização, e estas passam pela violência.


'' Sofremos muito para chegar até aqui. Na época não tinha nada, mas aqui é o nosso lugar. Cheguei aqui meu filho tinha 7 anos hoje ele tem 23. Foi sofrimento mas a gente pega amor pelo lugar. (...) prometem asfalto, mas vejam o asfalto que fizeram. Só tem 30 metros''.
Relata moradora e ex presidente do bairro Jardim Florianópolis.
 

Nenhum comentário: