terça-feira, 28 de março de 2017

Reviravolta no Senado! Renan lidera motim contra lei da terceirização!

Derrota de Temer.
Derrota da Globo.
Renan, possivelmente irritado com a chantagem do consórcio Globo/PGR, que mais uma vez se uniu para tentar coagi-lo a obedecer às orientações do golpe, resolveu chutar o balde.
E organizou um motim em prol da classe trabalhadora.
Sob sua liderança, a bancada do PMDB não vai apoiar a terceirização selvagem, para todas as atividades, conforme aprovado na Câmara e desejado por Michel Temer, o drácula dos direitos sociais.
De todos os caciques do PMDB, Renan Calheiros é o que tem demonstrado mais incômodo com o neoliberalismo ensandecido, fanático e inconsequente do governo Temer.
É também o político que tem detectado, com mais sensibilidade, a mudança nos ventos da opinião pública, incluindo aí o crescimento da revolta popular contra o governo Temer e o declínio da “fúria reacionária”.
Diferente de Temer e de alguns de seu entorno (Moreira Franco, Eliseu Padilha), que estão aproveitando os instantes de poder para saquearem o Brasil sem pensar no dia do amanhã, até porque não enxergam nenhum futuro político para si mesmos, Renan tem ambição de continuar na política. Seu filho é governador de Alagoas. E ele sabe que, para isso, precisa se afastar de um governo profundamente impopular e ilegítimo.
Claro que é cálculo.
Mas um cálculo bom!
Além disso, é o primeiro resultado concreto das mobilizações de rua!

O Cafezinho

Blogueiro Encontra Insetos em Freezer do Supermercados Dia-Dia em Cuiabá.

A rede de supermercados Dia-Dia, em Cuiabá, em especial do bairro Pedra 90 foi denunciado à Vigilância Sanitária pelo blogueiro Allef Borges, que encontrou insetos dentro de freezers, o blogueiro tirou fotos do "bichinho" e afirma que procurou o funcionário responsável pela seção e por ser domingo não encontrou, mas avisou a Operadora de Caixa que teria dito que "não poderia fazer nada sobre o assunto"....

Em entrevista ao nosso blog diversos clientes reclamaram sobre a falta de cuidados em relação a vigilância do Supermercado.

FIQUE ATENTO!

sexta-feira, 10 de março de 2017

CRISE: Hotéis fecham as portas em Cuiabá e quem decidiu continuar no ramo, tenta se reinventar para não ter o mesmo fim.

Dois anos após a Copa do Mundo Fifa no Brasil, em que Cuiabá foi uma das cidades-sede, a rede hoteleira da capital enfrenta queda no número de hóspedes e luta para valer o investimento feito para o mundial. Para acomodar os visitantes durante a copa, o número de leitos em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, saltou de 8,5 mil para 17 mil. No evento, a ocupação chegou a 80% da capacidade da rede hoteleira. Agora, porém, o número não chega a 50%.
Só em 2016, dois hotéis em Cuiabá fecharam as portas. Quem decidiu continuar no ramo, tenta se reinventar para não ter o mesmo fim. Há 20 anos no mercado da rede hoteleira, a empresária Rosana Bortoleti diz nunca ter enfrentado uma crise como esta. Para ampliar seu estabelecimento e se preparar para a copa ela realizou um empréstimo de R$ 3 milhões. O hotel passou de 40 para 75 leitos.
“A taxa de ocupação depois da copa despencou. Hoje eu tenho inovar. Criei uma sala de eventos, tentei melhorar o atendimento, mas, ainda assim, está difícil pagar as contas”, afirmou. A taxa de ocupação tem sido menor que 50% o que, segundo a empresária, tem sido um desafio. “Com um número menor que 40% é inviável manter as portas abertas”, completou.
Quando a taxa de ocupação já não cobre mais as despesas fixas, a alternativa é mudar de ramo. Foi o que fez a empresária Ana Lúcia Machado. Ela transformou o hotel, construído para abrigar os turistas durante o mundial, em consultórios médicos. E o novo empreendimento tem superado as expectativas. “Estamos tendo bastante movimento, bastante procura de médicos que querem atender aqui”, afirmou.
Quem decidiu ficar no ramo e enfrentar a crise, busca alternativa para reduzir custo, sem perder a qualidade. As compras coletivas têm sido uma das estratégias.
“É uma alternativa muito viável, porque às vezes o frete para trazer produtos de fora do estado é grande. Em uma compra coletiva, a gente pode barganhar esse valor”, explicou o presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira de Mato Grosso, Bruno Delcaro.

Deputado Allan Kardec quer celeridade em concurso da educação

Foto: JL Siqueira/ALMT.
O professor e deputado estadual Allan Kardec (PT) cobrou do governo de Mato Grosso celeridade na realização de concurso público para a Secretaria de Educação (Seduc). A expectativa é que sejam abertas 5,7 mil vagas para diversos níveis.
Allan pediu celeridade através de indicação ao governo do Estado. A apresentação foi feita durante sessão plenária dessa quarta-feira (08). “Precisamos de celeridade no processo de realização do concurso, pois, como professor da rede pública, sei da importância de que esse edital seja publicado o mais rápido possível”.
Além da necessidade de novos profissionais no quadro da Seduc, Allan alega que milhares de pessoas esperam uma nova oportunidade de emprego através do concurso.
De acordo com o governo, serão abertas 2.617 vagas de nível superior para professor da Educação Básica, 355 de nível médio para técnico administrativo e 2.776 para nível fundamental para apoio administrativo. A data da publicação do edital, no entanto, ainda não foi confirmada. A pasta informou que, no mês de janeiro, contava com 40 mil servidores, sendo 22,9 mil professores. Destes, 9.231 efetivos e 13.733 contratados.
A educação é uma das bandeiras do mandato de Allan. Professor de Educação Física da rede estadual, ele também participou nos últimos dias das discussões que levaram à prorrogação da licença qualificação para os servidores que já se dedicam ao mestrado ou doutorado.